“Olha, descobre este segredo: uma coisa são duas – ela mesma e sua imagem. (…) A imagem é um ser vivo, como os demais seres. (…) Não pode haver melhor uso da fotografia do que este de alimentar-nos da porção perdida de nossa alma”. Carlos Drummond de Andrade

uma coisa são duas
2012
fotografia
sobre
"Uma coisa são duas" foi apresentada na Galeria Ímpar, São  Paulo, setembro 2011, curadoria Eder Chiodetto e na Mostra Black Espaço Casa Vogue, São Paulo, maio de 2012, curadoria Eder Chiodetto.